Perdão

Algum tempo me deparo com este sentimento, ele bate na minha porta, grita o meu nome e fica na espreita tentando entrar, sinto que me ronda e me chama .

Como não notá-lo… Esmaga meu coração, me faz insegura e fraca , tento não notá-lo, mas é impossível tirar do meu caminho.

Ele me castiga, tornando serva da inutilidade de negá-lo ou mesmo fingir uma tranquilidade passiva. Deixa para lá, um dia passa e ele se cansa e vai embora, será?

Que luta insana e cruel e quando penso que acabou… A volta chega e a verdade transparece, preciso encarar e é agora… Como dói sentir raiva e mágoa de alguém. Por que fazer isso comigo? Quero a liberdade de amar a tudo e a todos indistintamente.

Finalmente, aceitação e agora  o que fazer? Seguir em frente e não olhar para trás? O que foi dito ou feito acabou, não existe mais e o sentimento não conta? Claro que sim ,mas ele pertence a tudo aquilo que escraviza e nos torna mesquinhos, o julgamento é burro e a verdade múltipla.

Respirar, viver , respirar, viver, amar, aceitar e vigiar.

O que conta é o bem estar, o vazio e o preenchimento da alma liberta, o espelho não me incomoda e a fuga é real!

Estou livre!

Perdoei!!!

Lili

Anúncios

3 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Liz Passos
    out 02, 2010 @ 21:08:44

    Saber perdoar é um dom!
    É difícil e exige uma dedicação tão grande qto amar.
    Adorei!!!!
    Beijos
    Liz

    Responder

  2. Patricia Guerra
    out 03, 2010 @ 11:48:05

    Amiga

    Vou ter q discordar de Liz.
    Saber perdoar não é um dom.
    O perdão é uma graça concedida.
    Ninguém sabe perdoar… há corações mais flexíveis e há corações mais endurecidos.

    Mas para ambos, há graça divina.
    O perdão é algo que inexplicavelmente brota em nossas vidas, no momento em que estamos prontos e verdadeiramente abertos para entender que estamos todos debaixo do mesmo sol… tentando aprender.

    Estejamos ou não conscientes disso, as lições levam sempre na mesma direção: Estamos aqui para aprendermos a Amar.

    Não é à toa que Jesus disse que a nova lei se sobrepunha à todas as outras: Amai-vos uns aos outros como eu vos amei”

    Quem ama, não trai, não mata, não cobiça, não fere, etc…

    Simples assim.
    Nossa parte é nos fazermos merecedores da graça do perdão. Não só de sermos perdoados, mas de que nosso coração seja suficientemente humilde para perdoar e seguir em frente.
    Isso não é fácil, talvez seja um dos maiores desafios da vida. E sozinho não podemos vencê-los.

    Fico feliz por vc. Sei como isso alivia o coração.
    te amo
    bjs

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: