Medo de Dentista

As pessoas vivem dizendo que ODEIAM dentista, assim mesmo gritando por que todo mundo quando entra no consultório já começa a falar de forma estridente e acelerada, a adrenalina sobe!

Mal começamos a anamnese e o ataque se faz presente, tetamos obter outras informações, mas nada, eles continuam : EU ODEIO DENTISTA ODEIO! CLARO,claro,claro eu entendo Sr. Fulano, mas qual a sua queixa principal. Pronto ,agora vem…… Eu estou infeliz, minha mulher me deixou, minha filha não quer estudar, estou em depressão acompanhado de choro e eu abraço, converso e às vezes choro também, minha atendente entra trilhões de vezes e revira os olhos, sem que o paciente perceba e sempre com um sorriso no rosto, é claro.


Os dentistas são na maioria das vezes psicólogos dos seus pacientes, estes trazem traumas de infância, e não vamos culpar os dentistas de outrora, por que houve um a evolução tecnológica em todas as áreas e inclusive na tão famigerada odontologia.

O medo de dentista talvez passe pelo sentimento de incapacidade e invasão ao sentar na cadeira, o espaço individual é invadido naquele momento, porém e sempre tem o outro lado da moeda, os dentistas não são inimigos e estão tentando aliviar este desconforto momentâneo com todo tipo de artimanha.

Quase todos dentistas sofrem de problemas de coluna, ficamos tortos e o peso da mão é transferido para o corpo, no final do dia estamos quebrados e com um sorriso no rosto sempre. Usamos de tudo para os pacientes ficarem mais confortáveis, na minha clínica tem até esteira de massagem na cadeira odontológica e pergunte se uso ao final do dia…Que nada! Vou correndo para casa, a família me espera!!

Por isso, sempre lembro para meus pacientes VOCÊ NÃO ME ODEIA, também meio estridente, apenas não gosta de estar nesta posição, mas eu vou te ajudar e o seu tratamento vai correr da melhor forma possível, agora você vai colaborar e vai ficar MUITO SATISFEITO COM O RESULTADO, é quase um trabalho de hipnose.

Não há motivos para ter medo de dentista, devemos é celebrar a ida  ao dentista, este amigo e conselheiro,e que ainda por cima tira a sua dor, exagerei um pouquinho? Eu não acho!!!kkkkkk

Beijocas

Lili




Anúncios

7 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Ludmila Rohr
    set 07, 2010 @ 21:46:47

    Lindo seu texto!!!!
    Lindo mesmo!
    Nunca parei pra pensar nessa relação que vc fez entre pensar que odeia dentista e odiar estar ali…
    Acho q pensando agora, de forma rápida, posso te dizer que a boca mexe com nossa oralidade, que em termos psicológicos, são nossos sentimentos e memórias mais primitivas…
    Acho que estar ali..deitado (rendido) e sendo violado (pq está impotente) na sua oralidade, pode ser a maior causa desse “ódio” por vcs dentistas…

    Mas,amiga…não conheço quem goste do barulhinho da broca!! rsssss

    Vc é uma linda e deve ser uma excelente dentista!

    Responder

  2. Raimundo Alves Guimarães Neto
    set 07, 2010 @ 21:55:32

    Maravilhoso texto, conheci seu blog por indicação de Patrícia Guerra e fiquei extasiado com cada linha do post por não só concordar com cada linha escrita como também vivenciar tudo isso na profissão que escolhi pra mim e que faço com maior prazer!!!! Adoreiiii!!!!

    Responder

  3. Patricia Guerra
    set 07, 2010 @ 21:58:21

    Não é pq vc é minha dentista que vou dizer isso… Mas vc tem mãos de fada e é super atenciosa com as “dores” de seus pacientes.
    Isso faz a diferença… não é todo dentista q é assim.
    O dentista que arrancou meus cisos era praticamente um açogueiro…depois soube q não era especialista nisso. Hunf!

    Cuidar dos dentes é um must.
    Nada melhor q ter dentinhos brancos e lindos hein?

    Amei o novo formato do Blog.
    Vou ficar lendo hein?
    beijos

    Responder

  4. Ana Tokus
    set 08, 2010 @ 11:45:25

    É verdade… as pessoas já chegam no consultório com ódio… não necessariamente do pobre dentista, mas acabam transferindo pra ele. E metem o pau no “colega anterior”… “ah, aquele dentista acabou com os meus dentes.. era só um buraquinho e virou um buracão” E o ódio aumenta, e o medo ganha força… Aí é que entra o dentista-psicólogo, que escuta e procura acalmar a fera, explica que não é bem assim… afinal, a gente sabe que não é fácil estar na posição de paciente… ninguém gosta. A estratégia é minimizar o desconforto e procurar tornar a experiência odontológica o menos amedrontadora possível! Belo post. 😛 Abraço Lilian! 🙂

    Responder

  5. Luiz Rodolfo
    set 08, 2010 @ 15:41:38

    Muito preciso seu texto, Lili. Qdo estou trabalhando no Pronto Socorro, onde há um grande giro de pacientes desconhecidos, ouço direto o “Odeio Dentista”, como se a porquisse deles fosse culpa nossa. Bjos

    Responder

  6. Fabrício
    set 12, 2010 @ 18:55:50

    Eu tenho medo … Principalmente das dentistas que fazem “próstata” e “chapa” =P

    Responder

  7. Liz Passos
    out 02, 2010 @ 21:06:38

    Lili,
    Agora acho que o comentário vai..rs
    Sempre tive muito medo de ir ao dentista!
    E conheço muita gente q tb tem.
    O seu texto me ajudou a ver as coisas por outro ângulo agora 🙂
    Na verdade, acho que é um momento em que ficamos vulneráveis e só mesmo a confiança para romper essa barreira.
    Muito lindo!
    Beijos
    Liz

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: